Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

Home » Notícias » NOTA DA DIREÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DO HOSPITAL DA LAGUNA A RESPEITO DOS MOTIVOS QUE LEVARAM OS MÉDICOS DO CORPO CLÍNICO A ANUNCIAREM A POSSIBILIDADE DE PARALISAÇÃO DOS ATENDIMENTOS A PARTIR DE 01/12/17

Notícias

NOTA DA DIREÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DO HOSPITAL DA LAGUNA A RESPEITO DOS MOTIVOS QUE LEVARAM OS MÉDICOS DO CORPO CLÍNICO A ANUNCIAREM A POSSIBILIDADE DE PARALISAÇÃO DOS ATENDIMENTOS A PARTIR DE 01/12/17

Postada em 20/11/2017

A Direção e Administração do Hospital da Laguna vêm a público esclarecer que os atrasos dos pagamentos dos honorários médicos e o não pagamento integral do valor da hora-plantão dos médicos do Serviço de Emergência vêm ocorrendo pelo fato da instituição trabalhar com um déficit financeiro mensal de aproximadamente R$ 200 mil, o que a impede de honrar com todos os seus compromissos financeiros.

Atualmente, o Hospital da Laguna recebe, mensalmente, da Prefeitura, através do Fundo Municipal de Saúde, R$ 75 mil para pagamento da hora-plantão dos médicos do Serviço de Emergência, porém gasta entre R$ 94 a R$ 95 mil, já que mantém dois médicos, diariamente, entre 15 e 21 horas.

O Hospital recebe, ainda, R$ 19 mil para pagamento do sobreaviso do médico anestesista, porém gasta mensalmente, com esta especialidade, R$ 25 mil. Além disso, gasta mais R$ 55 mil para manutenção do sobreaviso dos médicos da Maternidade, Clínicas Médica, Cirúrgica, Pediátrica, Ortopédica e Cardiológica e dos serviços laboratoriais.

A situação já foi levada, inúmeras vezes, ao conhecimento da Prefeitura, Secretaria Municipal de Saúde, Conselho Municipal de Saúde, Câmara de Vereadores e Agência de Desenvolvimento Regional da Laguna, em diversas reuniões que contaram, inclusive, com a participação de representantes dos médicos da entidade. Estas reuniões tiveram como objetivo solicitar aumento dos repasses financeiros municipais, já que o valor per capita recebido pelo Hospital da Laguna é o menor da região, equivalendo a R$ 2,00 por habitante/mês, enquanto outros hospitais chegam ao dobro ou até ao triplo deste valor, mesmo atendendo quantidades menores de pacientes.

Além do aumento do repasse mensal, a Direção e Administração do Hospital da Laguna vêm reivindicando, também sem sucesso, ao poder público municipal e estadual, o recebimento de valores superiores a R$ 800 mil, referentes ao não pagamento de produção de serviços ambulatoriais realizadas entre os anos 2010 a 2012 e do Incentivo Hospitalar Estadual, cuja última parcela paga foi a de dezembro/16. Uma vez recebidos estes recursos, o Hospital poderia pagar os honorários médicos em atraso, assim como outros compromissos financeiros com fornecedores em geral.

A Direção e Administração do Hospital da Laguna esclarecem, por fim, que não foram procuradas pelo Sindicato dos Médicos para tratar das presentes questões, a não ser por meio de Notificação Extrajudicial.

Atenciosamente.


Laguna, em 20 de novembro de 2017.



Regina Ramos dos Santos Carlos Alberto Batista
Presidente Administrador

Mais notícias

>> Ver todos